A evolução do marketing digital e o que isso significa para startups

Marketing digital no futuro

Vani Kola, diretora administrativa na Kalaari, uma empresa indiana de capital de risco com foco em tecnologia, publicou o artigo The digital marketing evolution and what it means for startups sobre tendências para marketing digital e o impacto das mudanças para o modelo atual de startup. Confira!

Por Vani Kola

As regras do marketing mudaram. Para sempre. As empresas precisam se adaptar ou vão se tornar obsoletas e se encontram em uma encruzilhada:

como ser criativo e melhorar ao mesmo tempo?

Com isso em mente, recentemente hospedamos o Encontro de Marketing Digital Kstart, e eu entrevistei Rajan Anandan, vice-presidente e diretor administrativo do Google Sudeste Asiático e Índia. Rajan é um grande apoiador do ecossistema de expansão de startups e tem estado na vanguarda da revolução digital na Índia. Esta conversa divertida e envolvente resultou em profunda reflexão de insights provocativos. Estes são os principais tópicos:

Aplicativos não vão existir em poucos anos

Se você está construindo aplicativos, você está ferrado. Por que você precisa de um app? Tome de exemplo, a reserva de voos. De uma vez, os aplicativos substituíram as pessoas que costumavam fazer isso, para que agora nós mesmos possamos fazê-la. Agora máquinas vão fazer tudo isso. Tem muita gente construindo algo para o agora. Você nunca deve construir um grande negócio baseado somente no agora, você sempre deve construir para o futuro.

Crescimento do Marketing Digital

Hoje, o alcance internet é de cerca de 300 milhões de pessoas, mas o mercado de televisão é cerca de US $ 3,5 bilhões. O alcance de vídeo on-line hoje é de cerca de 100 a 120 milhões, a partir de plataformas como o YouTube. Quando o alcance dos vídeos online chegar a 300 milhões de pessoas, a única restrição seria de cerca de banda larga. Pode-se imaginar que um bilhão de dólares venha migrar para o mercado de vídeo online quando isso acontecer.

A Índia detém de cerca de US $ 3,5 bilhões do mercado impresso, provavelmente, o único mercado de impressão que ainda está crescendo. A impressão em idioma local está crescendo mais que a impressão em inglês. 75% do mercado de impressão é o que é chamado de desempenho da publicidade – a razão pela qual grandes marcas anunciam em jornais é porque ele direciona o tráfego para os negócios. A publicação impressa com 17 milhões de assinantes alcança um bilhão de dólares de lucro. Em breve, esse dinheiro vai migrar para o digital, simplesmente por ser mais fácil de mensurar que o impresso. Essa é a combinação de alcance, com os dólares migrando e os vídeos online crescendo cada vez mais. Esses fatores combinados se convertem em um mercado de 4 a 5 bilhões de dólares.

Como você vai atingir esse mercado?

Através da criação de um público altamente engajado – e sempre com foco no público-alvo certo. Tome um público-alvo específico – por exemplo, o conteúdo para as mulheres com idade entre 24 a 40. Não é o conteúdo, mas a realidade é que não há um monte de conteúdo emocionante para este público-alvo específico [na Índia].

Em um nível simplista, o que funcionou para os primeiros 300 milhões de usuários não funcionaria para os próximos 300 milhões de usuários. Imagine isso – há apenas 2,5% das mulheres indianas da zona rural que acessam a internet. Na tentativa de compreender esta lacuna surpreendente, o maior insight que surgiu é que as mulheres na Índia rural pensam que a internet não é para elas.

Como startups deveriam pensar a respeito das oportunidades?

Se você está tentando construir um produto para um grupo específico, seria ótimo se você o estudasse. Dois desenvolvedores de 22 anos de idade tentando construir um produto para as mulheres de 40 anos de idade pode ser difícil. O que você vai construir? Por onde vai começar? Você iria tirar um conceito de algum outro lugar, que não vai funcionar.

Criadores precisam escolher um tema que eles sabem algo a respeito e obter uma vantagem competitiva. Concentrem-se nos nossos problemas, ao invés de olhar para todo lado tentando replicar. Uma das maiores dificuldades seria encontrar um jeito de rentabilizar, pois estes problemas não apresentam um modelo de monetização óbvio.

Há 3,3 bilhões de pessoas na internet e outros 4 bilhões fora dela. Os produtos e serviços atuais pode obter algumas centenas de milhões mais. Mas, para ir além disso, temos que voltar para as necessidades humanas básicas, e não necessidades acerca de comunicação, mas realmente sobre as coisas que melhoram a vida das pessoas.

Como startups devem pensar sobre o produto no contexto do marketing eficaz?

A coisa mais importante é construir produto realmente incrível. Se você construir produtos surpreendentes, você realmente não precisa de propaganda para os primeiro milhão de usuários.

Uma vez que você tem um produto incrível, há um growth hacking que é algo em falta na Índia. Há bem poucos growth hackers e ainda é um conjunto de técnicas que precisam ser construídos como um ecossistema. É muito importante ter produtos diferenciados, se você tem um produto diferenciado que mil usuários vão amar, então você pode growth hack o seu caminho para 100 mil usuários.

Como startups devem lidar com o marketing?

Ao lidar com o marketing, há um funil de sensibilização, engajamento, aquisição e, em seguida, retenção.

Se você estiver na internet, tudo sobre a aquisição – os canais mais eficientes e eficazes para o público certo. O que é realmente importante para startups é encontrar um canal que realmente funciona e maximizá-lo. Em seguida, localize o canal seguinte e otimize, é preciso escalonar com um canal. Se você tem um grande produto e um growth hacking inteligente, você não precisa de marketing.

Quer aprender mais tendências sobre startup? Acesse a fanpage do Living Lab MS, espaço pioneiro no Mato Grosso do Sul dedicado a startups em processo inicial.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s